20 de julho de 2018

EPAMA

Noticias

4 métricas de desempenho de crescimento que o Posto precisa.

TEMPO DE LEITURA: 3 MINUTOS

Você sabia que as métricas de desempenho são indicadores extremamente importantes para acompanhar a produtividade da equipe e até os lucros do seu posto de gasolina?

Hoje, cada vez mais as organizações bem-sucedidas estão utilizando números e relatórios para conseguir ter uma visão mais abrangente do negócio. Afinal, eles influenciam positivamente no processo de tomada de decisões do gestor, fato que oportuniza uma enorme vantagem competitiva.

No post de hoje, vamos apresentar 4 métricas essenciais para você conhecer e adotar na rotina da sua empresa. Continue a leitura.

1. Desempenho das vendas

Para começar, o ideal é definir as metas para, em seguida, fazer o acompanhamento delas. O time de vendas precisa ter uma referência preestabelecida do valor que precisa ser alcançado em determinado período.

É possível estabelecer metas qualitativas e quantitativas para cada funcionário. Quem superar as expectativas pode receber comissão extra e ter o seu trabalho reconhecido. Para fazer esse acompanhamento, basta acompanhar os números que foram determinados e comparar com os resultados.

2. Ticket médio

É uma métrica que apresenta o valor médio sobre as vendas. A fórmula para calcular esse número é bem simples: basta dividir o volume de vendas do mês pela quantidade de vendas do mesmo período. Você também pode fazer essa matemática para encontrar o ticket médio anual, se preferir.

Esse poderoso indicador aponta a lucratividade do seu posto de gasolina. Além do mais, ele abre portas para você desenvolver novas estratégias e fazer com que o cliente compre mais. Para aumentar o ticket médio existem inúmeras formas, como criar programas de fidelidade, melhorar o atendimento ao cliente, investir em marketing, etc.

3. Indicador de produtividade

Acompanhar o cálculo do percentual sobre o faturamento ajuda você a compreender os efeitos das ações praticadas e o que pode ser feito para melhorar os resultados. Números abaixo do esperado indicam uma quebra na produtividade.

No caso de escassez dos recursos disponíveis em caixa, o problema pode estar ligado diretamente aos altos custos de operação e manutenção de equipamentos. No entanto, apenas uma análise criteriosa dessa métrica é capaz de identificar os gargalos existentes. Dessa forma, você é capaz de providenciar a solução certa, em tempo hábil.

4. Índice de crescimento

Se você tem pretensões de expandir o seu negócio, fique atento à métrica do índice de crescimento com base no resultado das vendas nos últimos anos. Compare o desempenho do passado para conhecer a sua realidade atual.

Dessa forma, é possível visualizar o gráfico de evolução e prever a viabilidade de ampliação para os anos seguintes. Além disso, o conhecimento dessa métrica é útil para você apostar em metas ousadas, mas seguramente alcançáveis.

Percebeu a importância de se basear nas métricas de desempenho? Esses dados, depois de interpretados, representam um espelho da situação real da sua empresa. Assim, você tem mais autonomia e confiança para gerenciar os processos em busca de melhores resultados.

Quais desses indicadores você já usa ou pretende usar para medir o desempenho do seu negócio e fazê-lo prosperar? Deixe um comentário!
Fonte-
Arxo – Blog
http://www.arxo.com/

Facebook

Siga-nos no facebook

Publicidade

Assine nossa Newsletter e receba nossas notícias GRATUITAMENTE!
Assinar