16 de agosto de 2018

EPAMA

Noticias

7 ferramentas essenciais para a oficina de um posto.

Já parou para pensar que uma oficina mecânica é uma ótima pedida para diversificar os serviços prestados pelo posto de combustível? O problema é que a abertura dessa oficina (assim como sua devida manutenção) exige a disponibilização de uma variedade enorme de equipamentos e ferramentas.

À primeira vista, a lista parece simplesmente interminável. São muitos tipos de ferramentas, muitos tamanhos para o mesmo modelo e uma verdadeira infinidade de acessórios para ampliar a aplicação de determinados itens. Isso sem contar que, além das ferramentas mecânicas propriamente ditas, existem também os equipamentos imprescindíveis para uma oficina, por mais simples que ela seja.

Em meio a tantas possíveis escolhas, por onde começar? O que é realmente imprescindível? Antes de sair para as compras, acompanhe nosso post! Aqui você vai conhecer 7 ferramentas absolutamente essenciais para a oficina do seu posto de combustível. Vamos lá?

1. Jogos de chaves

Anote aí: as chaves são as maiores estrelas de uma oficina. O detalhe é que cada tipo deve estar presente na forma de um jogo de chaves de diversos tamanhos, a fim de atender às necessidades que surgem com os diversos modelos de veículo existentes. Para facilitar seu processo de escolha, confira quais são os principais tipos de chave para preencher a caixa de ferramentas da oficina:

  • a chave de fenda é a mais comum, usada para fixar parafusos com cabeça fendida;
  • a chave Philips fixa parafusos com cabeça em cruz, desenhadas para pouco aperto;
  • a chave estrela, que forma um ângulo reto com parafusos e porcas de cabeça sextavada durante o uso, é a identidade do mecânico;
  • a chave de soquete também se encaixa em porcas e parafusos sem fenda, de cabeça sextavada, normalmente precisando de uma extensão para ser usada;
  • a chave Allen é hexagonal e geralmente em um formato de L, usada para fixar parafusos de fenda hexagonal ou sextavada;
  • a chave Torx, geralmente também em L, fixa parafusos com fenda em estrela, o que permite um maior aperto.

2. Diferentes alicates

Os alicates também são imprescindíveis em uma oficina. Acredite: é praticamente impossível terminar um serviço sem ao menos um deles. Também nesse caso, além da variedade em razão de aplicações específicas, essas ferramentas apresentam tamanhos diferentes, sendo os tipos mais comuns:

  • o alicate universal;
  • o alicate bico reto;
  • o alicate bico curvo;
  • o alicate de pressão.

4. Chave de roda em cruz

Essa é aquela tradicional chave usada para fixar os parafusos da roda dos veículos, imprescindível para a troca de qualquer pneu. É absolutamente impensável abrir uma oficina mecânica sem ter ao menos uma dessas!

5. Chave de cinta saca filtro

Essa ferramenta é bastante usada quando é preciso manipular o filtro de óleo combustível, normalmente para fazer a troca do óleo. Facilita imensamente o trabalho por ser dotada de uma alça para fixação no filtro.

6. Macaco jacaré

Usado para levantar um lado do veículo, o macaco jacaré geralmente é o primeiro equipamento acionado pelo mecânico para avaliar um problema qualquer na parte de baixo do veículo ou para retirar uma roda a fim de analisar o sistema de freios, por exemplo.

7. Torquímetro

Às vezes chamado de chave dinamométrica, o torquímetro é um instrumento usado para verificar o aperto dado em uma determinada peça (torque) sempre que os manuais ou catálogos exigem valores definidos pelo fabricante. Geralmente se apresenta no formato de uma alavanca com um encaixe do tipo soquete.

Agora que já conheceu 7 das principais ferramentas mecânicas para montar uma oficina no seu posto de combustível, comente aqui e nos conte como anda esse projeto! Que outras ferramentas acha que também são essenciais? Participe e enriqueça nossa lista!

Fonte:  

Facebook

Siga-nos no facebook

Publicidade

Assine nossa Newsletter e receba nossas notícias GRATUITAMENTE!
Assinar