22 de setembro de 2018

EPAMA

Noticias

Entenda o ARLA 32 e sua armazenagem

TEMPO DE LEITURA: 2 MINUTOS

Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores, PROCONVE, que é regulamentado desde 1986 pelo Conama ( Conselho Nacional do Meio Ambiente ), denominado em sua sequência como PROCONVE P7 ou EURO 5, tem por principal objetivo reduzir o nível de emissão de gases poluentes na atmosfera por veículos que utilizam diesel.

As metas sugerem diminuição de até 80% na emissão de partículas na atmosfera e cerca de 60% de diminuição de Óxido de Nitrogênio (NOx).

Com base nesses preceitos, para atender o programa, veículos à diesel produzidos desde 2012 com a tecnologia SCR (Selective Catalytic Reduction/ReduçãoCatalítica Seletiva) necessitam do componente ARLA 32  para promover a diminuição dos gases poluentes.

O motor SCR trabalha a partir de redução catalítica seletiva, onde há tratamento dos gases expelidos com aplicação do reagente ARLA 32, eliminando água pelo escapamento.

A composição ARLA 32 é uma solução a 32,5% de uréia de alta pureza em água desmineralizada. Seu principal objetivo é reagir com o Óxido de Nitrogênio presente nos gases de escape dos veículos a diesel.

ARLA 32 não é um combustível e também não é um aditivo, é atóxico e transparente, e precisa de um tanque específico em veículos com SCR.

A quantidade a ser utilizada depende do volume de combustível a ser abastecido, mas em média são necessários 5% de ARLA para o total de diesel.

Como armazenar o ARLA 32

Levando-se em conta que a composição ARLA 32 tende a se degradar com ambientais desfavoráveis, como altas ou baixas temperaturas, ou então com incidência direta da luz solar, é sugerido que a armazenagem seja realizada através de tanques jaquetados subterrâneos.

A norma NBR 16046 de 07/2015 – Armazenamento de líquidos inflamáveis e combustíveis – Posto Revendedor veicular e ponto de abastecimento – Sistema de Armazenamento e Abastecimento de ARLA 32 indica que o sistema de armazenamento pode ser aéreo ou subterrâneo, podendo haver uma combinação entre os sistemas.

Para o sistema de armazenamento áereo vale ressaltar que deve-se considerar a condição de temperatura conforme ABNT NBR ISSO 22241-3:2011, 4.2, assim como evitar a exposição solar para minimizar a deterioração.

Arxo é pioneira no Brasil na fabricação de tanque jaquetado para ARLA, oferecendo volumes de 3 mil litros a 30 mil litros.

Conheça mais sobre os modelos de tanque jaquetado para ARLA da ARXO.

Fonte http://www.arxo.com/blog/br/2016/03/01/entenda-o-arla-32-e-sua-armazenagem/

Facebook

Siga-nos no facebook

Publicidade

Assine nossa Newsletter e receba nossas notícias GRATUITAMENTE!
Assinar