16 de agosto de 2018

EPAMA

Noticias

Estamos falidos

Para refletir:

Fechar os olhos diante de um obstáculo, não o fará sumir.

Pois foi exatamente o que aconteceu com um antigo cliente. Quando ele estava numa situação mais confortável, não atendeu minhas orientações de cuidado e controle, além de falta de planejamento, evitava minhas reuniões delegando tudo para a sua equipe sem poder de decisão. Na ocasião, era notório que passaríamos por uma recessão e que algumas coisas tinham que mudar. Num dia de fúria (dele) diante de um assunto como este ele me disse com outras palavras: “eu me garanto, trabalho há muitos anos nesta área e conheço todo mundo neste mercado, aliás, nem preciso de você”, fui dispensado dos serviços de consultoria – Infelizmente após após três anos, humildemente, me pediu ajuda, o mercado mudou, as pessoas mudaram, a recessão chegou, os negócios minguaram, o dinheiro sumiu, o marketing da esperança subiu à cabeça (mês que vem melhora), demorou para cortar gastos, gerou problemas familiares e, mesmo assim me procurou, Há situações aonde a intervenção de recuperação é muito tarde. Nem dinheiro para me pagar ou para abrir uma nova empresa em nome de outrem tinha, o que poderia ser uma possibilidade de reabilitação e com uma reserva cumprir os compromissos devidos da empresa anterior. O nome sujo o impedia de fazer negócios. Clientes e fornecedores o descadastraram. A empresa morreu. Atenção, isto não acontece somente com os outros. A dívida fica e para os herdeiros.

Fonte 

Edson Oliveira

http://www.epamadivulgacao.com.br/planecon-consultoria-em-estrategias/

Facebook

Siga-nos no facebook

Publicidade

Assine nossa Newsletter e receba nossas notícias GRATUITAMENTE!
Assinar