22 de julho de 2019

EPAMA

Noticias

INCERTEZA PARA REVENDEDORES COM RECUO DA PETROBRAS

INCERTEZA PARA REVENDEDORES COM RECUO DA PETROBRAS

Na última quinta-feira, o governo Bolsonaro tomou uma medida inédita, até então: a Petrobras havia anunciado o reajustedo diesel nas refinarias na quinta-feira (11), mas recuou à noite, após Bolsonaro telefonar para o presidente da petroleira questionando o percentual.

Essa atitude criou clima de instabilidade no mercado financeiro, com queda das ações da Petrobras em mais de 8% e incerteza para revendedores. Tal atitude foi recebida negativamente, uma vez que o Presidente garantia, anteriormente, independência da Petrobrás.

Alívio para uns desespero para outros…

Nesse dia, eu estava no Encontro de Revendedores do Minaspetro e ouvi dos revendedores, na parte da tarde, o desânimo pelo aumento do Diesel. A noite, ouvia o alívio de alguns pelo recuo da Petrobrás e desespero de outros, daqueles que foram ágeis ao realizar grandes compras para encher os tanques. Um revendedor em específico, proprietário de uma rede, me disse que havia comprado 200 m³ de Diesel, iria manter o valor antigo por uns dias para fazer volume e ganhar na escala. Estava desesperado, pois havia comprado tal quantidade, que não cabia em seus tanques e, por isso, precisava girar o estoque rapidamente para pagar o combustível na segunda-feira (15) – que chegou! Infelizmente, muitos revendedores fizeram o mesmo.

O que esperar?

A incerteza para revendedores agora vai dominar o mercado. Será que esse recuo ocorrerá novamente? A Petrobras terá que pedir bênção ao governo federal? Fica complicado, a partir de agora, tomar algumas estratégias como aquela adotada pelo revendedor e citada anteriormente. O revendedor é um lutador e não contava com mais essa incerteza. A margem é baixa. Cada centavo é importante e uma compra exagerada pode estourar o fluxo de caixa.

Estamos encurralados. Nossos clientes estão insatisfeitos com os preços, o barril de petróleo não para de subir, o etanol está cada dia mais caro e nosso presidente não nos dá segurança. E agora, quem poderá nos defender?

FONTE:15/04/2019 RICARDO PIRES

clubpetro

 

Facebook

Siga-nos no facebook
Assine nossa Newsletter e receba nossas notícias GRATUITAMENTE!
Assinar