19 de setembro de 2018

EPAMA

Noticias

O empreendedor está realmente focado em resultado?

“O início da sabedoria é a admissão da própria ignorância.Todo o meu saber consiste em saber que nada sei.”
Sócrates

(Todas as postagens foram baseadas em fatos reais pelo consultor Edson Carlos de Oliveira)

Negócios foram feitos para ser rentáveis, mas por que alguns não são tão rentáveis? Muitas vezes o negócio não é rentável por falta de foco de seu Empreendedor. O Empreendedor deve sempre focar em resultados, aliás, resultado significa rentabilidade.

Descreverei a seguir alguns focos perdidos por alguns empreendedores que, certamente não é o caso do nobre leitor, mas que valem uma reflexão para não cairmos em tentação.

Quanto a empresa lucrou a mais quando o empreendedor se preocupou em apontar os atrasos de seus funcionários? Não seria melhor delegar essa tarefa a alguém?

Quanto a empresa lucrou a mais quando o empreendedor se preocupou em gastar um bom tempo do seu dia negociando valores baixos com fornecedores ou clientes que representam pouco no seu negócio?

Quanto a empresa lucrou a mais quando o empreendedor se preocupou em ameaçar os seus funcionários e, quando o mesmo deu as costas, virou alvo de todos os tipos de piadas, apelidos e historinhas que tomam o tempo da equipe e não são nada produtivas?

Quanto a empresa lucrou a mais quando o empreendedor se preocupou em demitir um funcionário-chave da empresa apenas para mostrar quem manda? Não seria mais estratégico e lucrativo buscar primeiro um substituto no mercado?

Quanto a empresa lucrou a mais quando o empreendedor se preocupou em acompanhar pessoalmente as obras de reforma para fechar de uma simples goteira?

Quanto a empresa lucrou a mais quando o empreendedor se preocupou em buscar um parafuso do outro lado da cidade?

Quanto a empresa lucrou a mais quando o empreendedor se preocupou em cuidar pessoalmente de todos os detalhes da festa de final de ano?

Quanto a empresa lucrou a mais quando o empreendedor se preocupou em ler os e-mails de seus funcionários para saber se os mesmos estão matando o tempo? O pior é que nestes casos nem sempre se toma alguma ação, o empreendedor apenas se gaba em afirmar “ele pensa que sou bobo…”. Existem soluções mais baratas para isto.

Quanto a empresa lucrou a mais quando o empreendedor se preocupou em cortar o cafezinho dos funcionários?

Um exercício bastante interessante que venho sugerindo aos meus clientes é se perguntar, antes de iniciar alguma atividade, quanto esta atividade gerará de resultados para o meu negócio? Afinal,NEGÓCIOS FORAM FEITOS PARA SER RENTÁVEIS.

NEGÓCIOS FORAM FEITOS PARA SER RENTÁVEIS, CONSULTE UM ESPECIALISTA EM CUSTOS

Edson Carlos de Oliveira
[email protected]
www.consultoriaplanecon.com.br
Fones: 11 9 9176 7062 / 11 3424 4959 / 19 9 8402 2566 / 18

Facebook

Siga-nos no facebook

Publicidade

Assine nossa Newsletter e receba nossas notícias GRATUITAMENTE!
Assinar