15 de junho de 2021

EPAMA

Noticias

Gasolina comum e gasolina aditivada: quais as diferenças entre elas?

Gasolina comum e gasolina aditivada: quais as diferenças entre elas?

Atualmente, a gasolina é um dos principais combustíveis usados pelos motoristas. Muitos nem se preocupam em perguntar sobre o produto que estão colocando em seus próprios carros, aceitando qualquer tipo oferecido no local. Porém, alguns clientes são mais exigentes e podem pedir por uma gasolina de melhor qualidade para seus veículos. Se você puder oferecê-la, terá mais uma oportunidade de negócio.

Um dos principais exemplos disso é a escolha entre a gasolina comum e gasolina aditivada. Ambas apresentam seus prós e contras, mas muitos clientes nem sequer entendem a diferença entre as duas. Para quem oferece esse tipo de produto, é necessário conhecer suas qualidades para poder disponibilizar o produto ideal para seu cliente.

Para ajudar a entender melhor o assunto, vamos falar um pouco mais sobre as diferenças entre a gasolina comum e a gasolina aditivada, mostrando como elas afetam a vida do seu cliente. Acompanhe.

Quais são as características da gasolina comum?

Essa é a gasolina mais barata, que não tem nenhum trabalho de refinamento mais complexo que o normal. É a mais usada em diversos veículos comuns, principalmente carros pessoais. Em geral, também é preferida por motoristas que têm um orçamento mais baixo ou que só querem economizar no combustível.

O principal ponto a favor da gasolina comum é que ela apresenta um preço menor em relação à aditivada e à Premium, sendo de fácil acesso para a maior parte da população. Porém, ela também apresenta outros problemas, como a criação de resíduos após a combustão. Isso leva ao acúmulo de sujeira no motor, podendo prejudicar seu desempenho e acelerar seu desgaste.

Quais são as características da gasolina aditivada?

A gasolina aditivada tem esse nome devido aos seus aditivos químicos dispersantes. Ela se diferencia da gasolina comum ao incluir produtos em sua composição, os quais ajudam na dissolução dos resíduos de combustão no motor, fazendo também sua limpeza enquanto trabalha.

Além disso, também há a inclusão do FMT, uma substância que faz o isolamento da parte interna do motor, reduzindo seu atrito e, consequentemente, seu desgaste. Isso permite o melhor aproveitamento de sua potência, além de contribuir com o aumento de sua vida útil.

Esse é um investimento que pode render bastante a longo prazo em motores de manutenção mais cara. Porém, isso demanda um custo mais elevado no dia a dia.

Por que é importante saber dessas diferenças?

Dependendo da localização do posto de combustível e do tipo de cliente que você recebe, pode ser que haja mais demanda para gasolina comum ou aditivada. É importante ter ambas disponíveis para garantir que você não perderá os consumidores mais exigentes. Além disso, conhecer essas diferenças é sempre bom para ajudar o cliente a tomar a melhor decisão e estabelecer uma relação de confiança.

Com essas informações, você já pode oferecer a gasolina comum ou gasolina aditivada com mais segurança em seu posto. Com uma variedade maior de produtos, você alcançará mais pessoas e deixará todos os clientes mais satisfeitos.

FONTE:Blog Minaspetro

 Minaspetro

Facebook

Siga-nos no facebook

Publicidade